Mais uma primavera

Doze meses que te faz delirar de sensações únicas..
Paixões correspondidas que não atende a sua demanda
Paixões não-correspondidas, como amor sem pudor daqueles que te faz pensar depois.
Briga com pedido de perdão
Momentos inéditos com pessoas que não verei mais, como o verdadeiro fim, precoce demais deixa vida, mas real se vai.
Utopia seguida de realidade embasado no surreal, ideologia.
Sensações boas seguida de um sorriso..
Risos, gargalhadas, maluquices, momentos alegres, sem um motivo concreto, apenas, momentos..
Ser feliz
Ser e estar em paz
Viajar e explorar qualquer canto.
Viver, amar, apaixonar-se muito.
Querer e um minuto depois não querer mais.
Ser quem eu quiser ou,
Não ser nada.
Eu sou doze meses.
Uma primavera.
Um verão
Um outono
E um inverno.
Apenas, sou mais uma vida que se completa.
"Parabéns a você nesta data, querida
Sinto muito estou de partida.
Me disseram que é bom mudar
Mas eu não sei por onde começar
Por uma noite apenas serei seu, é foda!
Guaraná é bem melhor que soda!
Não ligue pra o que vão dizer.
O Jet Set que vá se fuder!
Nas festas da playboy não têm só mulher gostosa, tem champanhe também.
E o que você está fazendo em casa
Ponha uma roupa e o pau pra fora
Todo mundo sempre está
Onde todo mundo vai
Todo mundo dá palpite
Todo mundo quer convite.."
(Bide ou Balde)

2 comentários:

Jéssica :* disse...

que lindo texto.

Sandro Mangueirense disse...

Fabuloso! Nunca tinha visto um texto tão intenso falando sobre fazer aniversário.. Bom mesmo, gostei de verdade e parabéns!

http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

Elaine Cristina de Paula. Tecnologia do Blogger.

Meu fugaz devaneio..

Minha foto
Rio Claro, SP, Brazil
A essência da vida está com você, aproveite!

Vale a Pena Visitar

Devaneios Anteriores

Seguidores

Contador de visitas