Como eu nasci?



 
Ambos eram crianças uma menina e um menino, um de 05 anos e a ela quase seis.

Brincavam satisfatoriamente em uma gangorra na parquinho perto do apartamento que moravam, hora ela para cima, hora ele para baixo e vice-versa seguiam na brincadeira.

Eram crianças especiais para as outras crianças.

Ela do lado de cima da gangorra perguntava retoricamente para ele na parte de baixo da gangorra tocando a grama com a palma das mãos.

Eu sei como eu nasci, mamãe me contou.

Ele na parte de cima respondia rapidamente descendo ao impulso que ela dava com os pezinhos sob a grama.

Ele imediatamente respondeu:

Eu nasci da semente que meu pai plantou na horta da minha mãe e você?

Ela curiosa da versão que ele contava riu demasiadamente, respondendo com outra pergunta.

Da semente que seu pai plantou na horta da sua mãe? Ela desceu rindo ao impulso que ele dava.

Sim, minha mãe contou que meu pai plantou uma sementinha de repolho na hortinha que a mãe tem e todo dia eles regavam e conversavam comigo. - ambos riram, a menina não se conformava com a versão que ele contava, pois era muito diferente da versão que ela conhecia.

Ela indagou ao comentário.. Então, você é um repolho?

Ambos riram deliciosamente como crianças felizes rindo simplesmente por rir.

Ele respondeu ainda rindo e sufocado pelo ar que se confundia com o riso. Você não nasceu assim do repolho?

Eu não! Disse ela ainda rindo..

Mamãe me disse que escreveu uma carta para o papai Noel e que ele respondeu, dizendo que ela teria que esperar a próxima cegonha, pois todas já tinham saído para entrega.

Cegonha? O que é uma cegonha? Disse ele espantado com o novo.

Ela respondeu:

Cegonha é um pássaro.

Ele riu espantado, então, você é metade pássaro?

Ela respondeu rindo quando ainda estava na parte de baixo da gangorra e impulsionando para cima.

Ela é o correio de Deus. Mamãe disse que os nenezinhos ficam esperando as cegonhas junto de Deus e depois que ele lê as cartas procura um nenezinho com a cara da família e manda a cegonha entregar.

Ele surpreso responde: Achei que todos nasciam do repolho. Ambos riram.

Ele ainda surpreso comenta:

Será que todas as crianças nascem assim como nós?

Você me acha com cara de repolho?

Ela responde dando gargalhadas.. Eu acho!

E eu, tenho cara de pássaro?

Ele responde gargalhando demasiadamente.

Tem!

A brincadeira de gangorra segue alegremente. Logo, os dois escutam as mães chamando.

Vamos crianças por hoje chega, está na hora de ir para casa vai começar escurecer.

Os dois saltam da gangorra e de mãos dadas vão em direção suas mães acreditando que ela veio da cegonha e ele do repolho.



P.S.: Pessoal, essa é apenas uma das minhas historinhas infantis é a primeira que mostro aqui. Um dia se tudo correr como deve vou fazer um livro didático. rsss

Público alvo, crianças na pré-escola.

Beijos e um ótimo domingo.


38 comentários:

Mayara Vieira disse...

É uma história engraçada, se fosse daqui aos 15 anos atrás poderia ate se verdade, mais como esse mundo anda, as crianças já nascer sabendo de tudo.

JannA disse...

gosteii!!!
vou contar para meu sobrinho!!

ps. espero q ele não me corrija com a forma correta!!! essas crianças hoje em dia estão demais!! rsrssrsrss

Duo Postal disse...

História legal, porém é muito difícil hoje levar às crianças a acreditarem que nascem por uma cegonha.

http://duo-postal.blogspot.com

woops! disse...

legal seu blog! parabéns!

http://woopsbloops.blogspot.com/

Anna disse...

Nossa muito boa essa história.Eu até contaria pro meu irmão,mas o pirralho é terrivel e seria bem capaz de me chamar de burra e dizer a forma correta o_o
Mas é muito boa essa história .


contoversiasporana.blogspot.com

tarcio tavares disse...

tem tudo para dar certo, o projeto de seu livro. confia que vc chega lá

ॐ Ingrid Souza e Aline Udovic. disse...

Embora as crianças de hoje estejam tão evoluidas, acho válida a idéia de inocência. (:

--

segue e comenta?
http://enfiimnos.blogspot.com

Jairo A disse...

Que legal! Gostei. Torço para que você escreva mesmo um livro de histórias infantis.

boa noite

http://cafeecigarretis.blogspot.com/

Lucyano Jorge disse...

Adorei seu texto, seu estilo de escrever é diferenciado...criança sempre é criança...mesmo nos dias atuais.

Abraço
http://cinemaparceirodaeducacao.blogspot.com/

Kelly Christi disse...

pois é, crianças tem muito mais a nos ensinar que a própria pré-escola...

http://www.pequenosdeleites.blogspot.com

chαгſσттε disse...

Crianças rs
Seguindo...
http://entre-gatos.blogspot.com/

Robson Araújo disse...

apesar de ter achado curta demais, ficou bom. Pena que na realidade as crianças não são tao inocentes assim

se possivel, acesse meu blog

www.semente-terra.blogspot.com

woops! disse...

gostei do blog! parabéns!

http://woopsbloops.blogspot.com/

Matheus disse...

legal.....

Myla disse...

hahaha que linda a ua historia

Lucas disse...

Texto maravilhoso, muito massa mesmo. A inocência das crianças é algo encantador, que o mundo insiste e tem prazer de estraçalhar sordidamente.
Gostei demais do blog.
passa lá no meu?
http://quaddronegro.blogspot.com/
Valeeu

Lucyano Jorge disse...

Adorei.

NshoW disse...

Gostei do blog, ótima postagem e template convidativo, estou dando uma olhada nas outras postagens...

Siga tbm o meu:

http://temtudomega.blogspot.com
Dicas, tutoriais e downloads


Ganhe dinheiro com seu blog, o Wibi paga para vc fazer buscas na web, acesse e confira:
http://www.wibi.com.br/cadastro/?amigo=88250

Matheus disse...

muito legal......

Inez disse...

A história é muito boa, é a inocência da criança que infelizmente nos dias de hoje não existe mais.

Suzana disse...

aaah quelegaaal! Vou contar para minha irmãaa! *-*

St.André disse...

Boa história ta no caminho certo...
quem sabe um dia compre um livro seu para o meu filho...

startte.blogspot.com

Sandro Mangueirense disse...

Olha, morri de rir da história... E ela traz uma inocência gostosa, vc cria uma atmosfera muito legal pra ilustrar , enfim, uma história deliciosa de se ler...

http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

Rubi disse...

Ah, que post incrível!
Quando eu era pequena, ouvi essa versão diversas vezes.

Zoeiras.com disse...

Texto maravilhoso, muito massa mesmo. A inocência das crianças é algo encantador, que o mundo insiste e tem prazer de estraçalhar sordidamente.
Gostei demais do blog.

^Comentado

bom galera...eu venho à apresentar meu blog de TIRINHAS
OBS:[red]eu mesmo faço os desenhos e crio as histórias[/red]
[blue]Eu espero muiiiiiiiiito que gostem!![/blue]!


LINK-->http://zoeirasanimada.blogspot.com/
http://zoeirasanimada.blogspot.com/
http://zoeirasanimada.blogspot.com/
http://zoeirasanimada.blogspot.com/
http://zoeirasanimada.blogspot.com/

M!sunderstood disse...

Meu Deus, sou um repolho O_O

como ninguém me contou isso antes...estou chocada...

Enfim, rsrsrs...adorei o texto.

Ficou mtu bonitinho *-*

Até consegui imaginar as crianças brincando rsrs

Beijos

Misunderstood

bip disse...

Parabéns pelo blog.

Jéssica Moura disse...

ah que liindoo
eh tao bom ver hsts assim hoje em diia ta tao dificil rs
beijoss
ja te siiigo
www.jmphotosnet.blogspot.com

Matheus disse...

que legal... que história em...

Marcos Evangelista disse...

kkk, boa gostei

meu blog
http://blogdicagratis.blogspot.com/

meu twitter
http://twitter.com/blogdicagratis

Deane disse...

Hehe.. gostei
Me vi em algumas partes aí.. rs

Mônica Costa disse...

É uma boa história, com um enredo simples e gracioso.
Achei interessante a estrutura dele ser diferenciado de muitos textos que já li...deve ser uma assinatura sua!

Parabéns pelo blog e boa sorte!

CibeleOliveira disse...

Gostei do seu blog!
da uma olhadinha no meu tbm!
http://meuespaco-bele.blogspot.com/

MayanaPin disse...

toda crianca faz essa pergunta. kk

As garotas do século 21 disse...

Gostei, bem criativa! Parabéns pelo blog, está lindo. Sucesso e que você consiga fazer seu livro, torço por você.

Comentado por: Gabrila P.

http://asgarotasdoseculo21.blogspot.com/

Truco ladrão disse...

ta...

Rodrigo Ferreira disse...

Blog nota 10!
Histotinha esgraçadinha

Adorei aqui!!

http://rodrigobandasoficial.blogspot.com/

Ricardo Madruga disse...

Obeservar um dialogo de crianças é muito legal e engraçado ...é natural eles se entendem a risada é gostosa sem falsidade.
Abraço
http://uaimeu10.blogspot.com/

Elaine Cristina de Paula. Tecnologia do Blogger.

Meu fugaz devaneio..

Minha foto
Rio Claro, SP, Brazil
A essência da vida está com você, aproveite!

Vale a Pena Visitar

Devaneios Anteriores

Seguidores

Contador de visitas