Mais uma lira romantiquinha


Quanto mais as coisas mudam

Mais elas permanecem iguais.

Encontrar o amor..

Quem nunca encontrou?

Será que você me ama?

Como eu te amo?

O que eu sinto por você?

O que eu sinto por nós?

Está guardado.

No meio de nós

E quanto mais as coisas mudam

Mais elas permanecem iguais.

E mesmo que seja,

Meu amigo.

Eu sei que as coisas nunca mudam

Ninguém pode ser tão mal assim..

Nunca é tarde para fazer o bem

Nunca é tarde para desejar o bem..

Apenas sinta

O que eu sinto por você.

Deixe tudo como está.

Porque..

Eu estou feliz e vivendo

O meu próprio caminho

O meu próprio destino..

Eu jamais vou deixar..

De cultivar o bem

Estou do lado do bem

Estou do lado do amor

Mesmo que..

Ninguém entenda

E mesmo que mude

É sempre igual.

3 comentários:

Kyanne Carvalho disse...

Adorei, você escreve super bem, parabéns :)

Henrique disse...

muinto lindo
poemas são demais rs

seuvicio disse...

A vida é redonda.

Elaine Cristina de Paula. Tecnologia do Blogger.

Meu fugaz devaneio..

Minha foto
Rio Claro, SP, Brazil
A essência da vida está com você, aproveite!

Vale a Pena Visitar

Devaneios Anteriores

Seguidores

Contador de visitas