Filtro dos sonhos

"Enquanto dormia, o filtro dos sonhos na janela balançava e girava cada vez mais rápido, magicamente ela viajava para onde seu dinheiro não podia pagar.. Lá estava voando ruma à Dallas, Phoenix, uma paradinha em Las Vegas, Los Angeles e San Diego, o itinerário era todo dos Estados Unidos da América.
A visão noturna daquelas cidades enchiam seus sonhos de magia, luzes, músicas, pessoas, break das ruas, tudo fazia sentindo e ela contentava com o deslumbre da viagem, o frio era tão intenso ali em cima que alfinetava seu corpo inatingível, as nuvens carregadas, o tremor, o clarão que saia de dentro delas indicavam que era hora de voltar e as luzes das propagandas pela cidade iam ficando longe.


Ufaaa, já começava a esfriar perto do oceano e em seu corpo apenas um singelo tecido, pois, mais uma vez ela tinha esquecido o casaco mais quente em seu armário de roupas.
Ela retornava para casa para seu corpo sereno e cansado do dia, sua mente lisonjeada sorria para dentro e sem medo se preparava para outra viagem astral."

1 comentários:

Marcus Alencar disse...

Essas doces palavras que descrevem os sonhos me fazem lembrar de tanta coisa boa. Uma delas é uma música muito bonita cujo clipe está no perfil aqui do blog (recomendo caso não conheça) que se chama ``Dormir``, do Capital Inicial. Em seus trechos, a música diz: ``Eu sonhei que eu podia voar, eu conseguia a qualquer lugar, dentro das casas das pessoas e suas vidas, solitárias e confusas, todas parecidas.``

Elaine Cristina de Paula. Tecnologia do Blogger.

Meu fugaz devaneio..

Minha foto
Rio Claro, SP, Brazil
A essência da vida está com você, aproveite!

Vale a Pena Visitar

Devaneios Anteriores

Seguidores

Contador de visitas